Vejamos a opinião lúcida do psiquiatra inglês Dr.Anthony Daniels *, sobre a responsabilização penal para consumidores de drogas ilícitas.


Repórter pergunta: Dr. Daniels, o senhor é a favor de prender consumidores de drogas?

Dr. Daniels responde: A maneira como vemos o vício de drogas é errada. Tratamos os viciados como vítimas, incapazes de ser responsabilizados por suas escolhas. Isso é falso. Eles não são vítimas de seu próprio comportamento. Não existe droga tão viciante a ponto de ser impossível livrar-se dela. Os drogados usam os entorpecentes por uma decisão pessoal. Isso não significa que eu não me solidarize com essas pessoas.
O estado mental que as drogas induzem é muito atraente para elas, em comparação com sua realidade. Mas, quando cometessem algum crime, ainda que pequeno, sob efeito de drogas ou para comprá-las os viciados deveriam ser forçados a entrar em uma clínica de reabilitação. Se não aceitassem o tratamento, deveriam ser mandados para a prisão. Isso lhes daria motivação para levar a sério o processo de reabilitação, pois o maior problema com o vício é que as pessoas não encontram razões para parar. O medo da prisão pode ser uma delas. A outra é a certeza de ter uma vida melhor livre das drogas.

* Dr. Anthony Daniels escreveu sobre sua experiência de 15 anos como médico em prisões britânicas. Autor de 22 livros e articulista do jornal inglês The Telegraph e da revista The Spectator. É crítico ferrenho de "Teorias Sociológicas e Psicológicas" que tentam explicar o crime e o vício em drogas, que segundo ele, produzem cidadões que não assumem suas responsabilidades.

Um comentário:

  1. Li a entrevista dele na Veja desta semana, e constatei, surpresa, que sua opinião, através de estudos, era a mesma que eu tinha, apenas pela observação e "leitura" da vida.
    Muito interessante o seu blog. parabéns.

    Mônica Leite Costa

    ResponderExcluir