PROJEÇÃO PSICOLÓGICA - DICA PARA EVITAR

Como dizia o psiquiatra Carl G. Jung: “O melhor trabalho político, social e espiritual que podemos fazer é parar de projetar nossas sombras nos outros”.
Vou dar um exemplo simples.
Chego numa igreja e implico com o padre e penso: - Este padre é um chato, fala demais, não volto mais nessa igreja.
Neste momento devemos perguntar a nós mesmos: - Será que não sou eu que sou um chato que fala demais?
Assim sempre que notarmos alguma coisa negativa no outro, devemos lembrar que “aquela coisa” é nossa e não do outro.
Embora a projeção psicológica tenha sido bem estudada grandes pensadores como Freud e Jung, há dois mil anos atrás Jesus alertava a humanidade com sua bela máxima: “Por que vedes um argueiro no olho do vosso irmão, vós que não vedes uma trave no vosso olho? ” (Mateus, cap. VII,3,4,5).