CARACTERÍSTICA DO TRANSTORNO OBSESSIVO-COMPULSIVO


A característica essencial do transtorno obsessivo-compulsivo (TOC)  é o sintoma de obsessões ou compulsões recorrentes, suficientemente graves para causarem acentuado sofrimento à pessoa. A obsessões ou compulsões consomem tempo e interferem significativamente na rotina normal da pessoa, com seu funcionamento ocupacional, atividades sociais ou relacionamentos habituais. Uma pessoa com (TOC) pode ter uma obsessão ou uma compulsão, ou ambos.

Uma obsessão é um pensamento, sentimento, ideia ou sensação intrusivos. Contrastando com um obsessão, que é um evento mental, uma compulsão é um comportamento. Especificamente, uma compulsão é um comportamento consciente, padronizado e recorrente, tal como contar, verificar ou evitar. Um paciente com esse transtorno percebe a irracionalidade da obsessão como ego-distônicas (1). Embora o ato compulsivo possa ser realizado em uma tentativa de reduzir a ansiedade associada com a obsessão, nem sempre é eficaz. Realizar o ato compulsivo pode não afetar a ansiedade, podendo até mesmo aumentá-la.

(1)          São aspectos do pensamento, dos impulsos, atitudes, comportamentos e sentimentos que contrariam e perturbam a própria pessoa. 

(2)          Fernando Vieira Filho / Psicoterapeuta Clínico / Palestrante e autor do livro - Cure suas Mágoas e Seja Feliz! - Barany Editora - São Paulo 2012

 (55 34)  3077-2721  (Uberaba) E-mail: ffvfilho@terra.com.br

 Conheça meus blogs e sites:
http://www.livroacordandoparaavida.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário