ALERTA DO "PROCON"


Olá, boa noite Fernando(1)!  
                                                                          
 Gostaria de saber sobre meu marido. Quando namorávamos ele nunca demostrou nenhuma característica negativa ou defeito de caráter, mas logo depois que casamos, aos poucos ele foi se mostrando um lado completamente diferente.                                                                                                             
Me agride com palavras, é muito irritado, boçal e demonstra desinteresse crescente pela intimidade conjugal.
O QUE FAZER???                                    
Por favor pode me responder?                                                                               
Muito obrigada!  M.B.                                                                                                            

Cara M.B., obrigado por sua pergunta, que ajudará outras mulheres também.  Aprenda a se amar em primeiro lugar. Aprenda a utilizar a palavra que considero mais abençoada do planeta e que você tem grande dificuldade em verbalizar: NÃO.                                                                                               
Toda vez que dizemos "sim" querendo falar um "não", morremos por dentro e nos desvalorizamos perante nosso interlocutor.                                                                              
Portanto, valorize-se, seja assertiva, isto é, diga sim quando for sim e NÃO quando for NÃO, sem medo de desagradar.                                                                                                               Infelizmente, assim como muitas mulheres que se casam sem um período razoável de namoro, para conhecer melhor o parceiro, você comprou "gato por lebre".                                                                                                                  
O período do namoro é tempo de encantamento em que os parceiros, naturalmente, se utilizam de "máscaras" tentando mostrar o seu melhor perfil.  Quando o tempo de namoro é curto, o casal consegue "segurar" as máscaras sobre o rosto. Com o tempo de namoro mais longo (é o ideal), os namorados "se distraem" ou "se cansam" e deixam as máscaras "escorregarem".  
      Nestes os parceiros podem e devem se ver como são realmente, avaliando as possibilidades de uma vida a dois, antes do enlace matrimonial.                                                     
Mesmo após o casamento, a solução pode estar muitas vezes no famoso alerta do "Procon":                                                                                                   
"Comprou" artigo com defeito, devolva para a "fábrica"-  no seu caso, a fábrica é a "senhora mamãe" do seu marido.
 Seja feliz com você mesma, que, por sinal, será sempre sua melhor companhia.
Muita paz.

(1)Fernando Vieira Filho - Psicoterapeuta/clínico, palestrante e escritor. Autor do livro CURE SUAS MÁGOAS E SEJA FELIZ! – 2ª Ed. - Barany Editora - 2012. E coautor do livro DIETA DOS SÍMBOLOS – 6ª Ed. - Melhoramentos - 2004.                                                                                           
É autor dos E-Books:                                                                                                                        PSICOFÁRMACOS - Uso e aplicações de forma simples e eficaz.                                            

PSICOPATOLOGIA - Apresentada de forma simples e objetiva - Incluindo psicopatologias infantis.                                                                                                                             

SISTEMA DE TERAPIA FLORAL do Doutor Edward Bach (Portuguese Edition) – Amazon – 2013. E-book.
E-mail de contato: ffvfilho@terra.com.br
Conheça seus blogs e sites:


Nenhum comentário:

Postar um comentário