COMPARTILHAR É UMA BOA IDÉIA


Fernando Vieira Filho*

Partindo do princípio de que há um bom tempo já vivemos na era da informação e da extrema importância que ela exerce sobre tudo e sobre todos, surge uma dúvida: por que tantas pessoas ainda relutam em compartilhar o seu conhecimento, a sua experiência ou a sua filosofia de vida?
Infelizmente, a maioria das pessoas ainda tem a crença de que compartilhar seja uma ameaça ao seu “status quo” ou represente a perda ou a diminuição de seu espaço no competitivo mercado de trabalho.
Porém, ao contrário do que muitos imaginam, quando compartilhamos os conhecimentos, as diferenças humanas e sociais diminuem - nas empresas e nas comunidades -, as equipes e os povos crescem como um todo e isso, sem sombra de dúvida, é bom para todos.
Ao compartilhar, estamos aumentando o campo de dúvidas e solucionando-as com idéias em torno de um assunto ou fato. A tendência nesse caso é sempre o crescimento, a melhora contínua.
Existem ótimas iniciativas de pessoas e empresas nesse sentido. Um exemplo é o movimento Open Source, que é uma corporação sem fins lucrativos, onde um grupo de pessoas espalhadas pelo mundo trocam tecnologias e ajudam a humanidade, desenvolvendo novos pacotes de softwares ou melhorando os já existentes, apenas pelo prazer compartilhar o conhecimento. Um prazer que ganha forma em um sistema operacional seguro, eficiente e gratuito - o Linux. Também não podemos esquecer de iniciativas como YouTube, Orkut, a Wikipedia (uma enciclopédia gratuita na internet), entre outras, que possibilitam que indivíduos do mundo inteiro se relacionem através de gostos e costumes em comum.
Já que em nossa vida compartilhamos tanta informação inútil, porque não compartilhar algo que sirva para o crescimento de todos de um modo geral? Que tal começarmos com as bênçãos que recebemos gratuitamente do Universo? Com o que temos de melhor. Com certeza faríamos uma grande diferença para o mundo à nossa volta e, ainda, contribuiríamos para diminuir, mesmo que fosse gota a gota, o oceano de egoísmo que inunda o nosso belo Planeta.
Pensemos nisso: compartilhar é uma boa idéia ou não? Sim?...Pois então, levante-se daí e vamos desenvolver esta idéia!

Fernando Vieira Filho é psicoterapeuta, é especialista em Terapia com Florais de Bach e autor do livro - Cure suas Mágoas e Seja Feliz! - Barany Editora - São Paulo 2012
(55 11) 99684-0463 (São Paulo e Brasil)
(55 34)  3077-2721  (Uberaba)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário