FREUD E O ÓDIO

Quando odiamos - o que é perfeitamente humano - nos sentimos culpados; a culpa nos faz sentir remorso e o remorso nos traz uma necessidade inconsciente de autopunição, que nos leva a “fazer” as doenças que denominamos “psicossomáticas”. Assim o perdão e o autoperdão são de suma importância na vida do ser humano, pois são capazes de nos preservar de males físicos, mentais e morais. — com Fernando Vieira Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário